A luz ainda vai brilhar

A luz ainda vai brilhar

Kauany Sousa

Dos dias escuros e das noites sem fim a gente sempre aprende alguma coisa, não é? Como entender o propósito daquilo que, no momento, não parece nada bom? Vamos fazer uma comparação para identificamos a lógica disso.
Imagine que você esteja em uma caverna, certo? Cavernas são geralmente escuras. Seu medo maior é se deparar com algo inesperado. Pois no escuro não se pode entender onde estamos e o que podemos passar. Aquele momento é de muito medo e grande angústia, parece que vai aparecer um monstro, daqueles gigantes que aparece nos desenhos animados. Tudo conspira a favor do medo e da incerteza. E se aparecer algo que me devore? E se nunca mais encontrar a saída? E se me perder e morrer? Essas perguntas rolam no seu pensamento. Isso é o que chamamos da vida começa a esfriar.
Esfriar porque quando estamos com muito medo, passamos a ser cegos e ao mesmo tempo sentimos que a vida estar perdida. As sensações que mergulham no íntimo são como flechas que atingem nosso lado negativo. Tudo parece move-se para o mal.
Naquela caverna, nos dedicamos a entender a melhor forma de construir objetivos e a planejar metas. Onde posso chegar? Como vou sobreviver? O que tenho que fazer? Já viu que isso parece muito com a nossa realidade nos dias ruins? A gente se sente mesmo em uma caverna, loucos para sairmos e todas essas perguntas rodeiam nosso pensamento.
Voltando para o raciocínio. Essas perguntas nos fazem perceber que temos que agir. Agir de maneira coerente, infalível e sobre tudo planejada. Chega um certo ponto que você entende que é necessário encontrar uma saída e decidir caminhar, procurar uma forma de achar algo que te faça voltar para o mundo real.
Você começar a procurar uma saída. Vai andando com cuidado e apalpando as vezes as pedras molhadas, as vezes, caindo em buracos. Mesmo no escuro e sem saber onde vai chegar, você anda. De repente lá no fundo, em algum lugar dali você enxergar uma luz, um clarão que mais parece fogo, de longe não dá para identificar, mas aquele brilho te chama pra perto. E você vai ao encontro daquela luz.
Quanto mais você se aproxima aquela luz fica forte, chega até imaginar que é uma passagem, a saída da caverna. Quando você chega perto observa que é um lampião. Alguém deixou ali. E se pergunta porque de longe parecia tão maior e mais forte. A verdade é que a luz em meio as trevas chama atenção e de longe dá pra notar.
Ao pegar o lampião você imagina que poderia ter encontrado algo melhor, poderia ter achado a saída. Você ainda está dentro da caverna e não se resolveu muita coisa. A decisão agora será levar ou não aquele lampião contigo.
Na maioria dos dias das nossas vidas é desse mesmo jeito. Nos encontramos em certas situações que não conseguimos entender, nem enxergar nenhuma saída. E nos deparamos com uma luz, com algo que nos fará vê o caminho. E cabe a nós deixarmos de lado, ou fazer daquilo uma solução. Afinal um lampião serve para clarear e ser mais fácil achar uma saída. A realidade é que nas cavernas aprendemos sobreviver, aprendemos a tomar decisões, aprendemos a enfrentar nossos medos e a sermos pessoas melhores. Os dias maus nos dão forças para saber que uma hora ou outra a luz vai brilhar, mesmo que não seja uma solução, será uma aliada para encontrarmos a saída. Por isso que é bom sempre entendermos o propósito de tudo que aparece nas nossas vida.

Categories: Colunas

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*