As novidades do Cruzeiro

As novidades do Cruzeiro

João Chiabi Duarte

Posse da Nova Diretoria e Presidência do Conselho – Festa muito bem-feita, simples, objetiva e de bom gosto, no Cine Brasil marcou a posse de Wagner Pires de Sá, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata, na diretoria do Cruzeiro. Também tomou posse o ex-presidente do clube Zezé Perrela agora como presidente do Conselho Deliberativo.

A política do Cruzeiro só vai mesmo se acalmar após a eleição dos novos conselheiros natos do clube, que deverá se dar em fevereiro de 2018.

Desta confusão que aconteceu após a saída de Bruno Vicintin da diretoria de futebol do Cruzeiro, lamento profundamente a saída do Toninho Assunção do quadro de conselheiros do clube, porque o reputo como um grande cruzeirense, cara equilibrado, inteligente e uma pessoa da melhor qualidade. Respeito o direito do Bruno Vicintin de fazer suas escolhas, mas, creio que ele errou no jeito, na forma e na essência.

A gestão do Dr. Gilvan do Pinho Tavares agora poderá ser julgada como história. Não resta a menor dúvida que ela foi marcada por 3 conquistas nacionais e isto é muito relevante, mas, como já havia colocado antes, a gestão financeira destes 6 anos não foi boa.

Mantenho minha posição de que houve erro na gestão, especialmente no 2º mandato, mas, jamais poderei aceitar qualquer crítica à idoneidade do Dr. Gilvan do Pinho Tavares. Seria uma das maiores decepções da minha vida se isto não se confirmar.

Zezé Perrela continua muito forte dentro do Conselho do Cruzeiro, já prometeu colaborar com a nova gestão e após passado o momento eleitoral, creio que seja tempo de todos nós cruzeirenses no unirmos em favor do clube, apoiando o Wagner Pires na sua missão de levar adiante a história desta grande instituição.

Muito oportunas as homenagens a Juan Pablo Sorin (que não apenas adotou Belo Horizonte como a cidade que escolheu viver, mas, sempre colocou o Cruzeiro em alta posição a cada comentário feito nas medias onde atuou e atua) e a Vittorio Mediolli, pelas brilhantes parcerias que a SADA fez com o Cruzeiro no Vôlei e agora no Futebol Americano, lotando a sala de troféus do Cruzeiro, com títulos em sequência, demonstrando eficaz gestão e conhecimento de causa… que venham novos projetos para fazer o nosso clube crescer ainda mais (por exemplo: Futebol Feminino, que deverá ser uma exigência para os clubes das séries A e B muito em breve, Vôlei Feminino, Futebol de Salão ou FutSal, Basquete, seriam grandes oportunidades).

Mais que nunca tive a oportunidade de rever grandes amigos, trocar ideias com o nosso diretor de futebol Itair Machado, que a despeito das críticas que recebeu, me parece muito determinado a fazer uma gestão marcante à frente do comando do futebol do clube. A condição atual do Itair Machado me remete à figura do grande Eduardo Maluf que antes de ser diretor de futebol de grande sucesso no Cruzeiro e depois no Atlético-MG, foi presidente de um clube do Interior de Minas (Valério Doce de Itabira).

As dificuldades geradas com a briga política e a exposição do quadro financeiro complicado na imprensa, decerto criarão dificuldades iniciais, mas, o Cruzeiro é gigante e muito rapidamente dará a volta por cima.

Estou com quem pode ajudar ao Cruzeiro e neste momento hipoteco apoio total ao presidente e digo que gostei demais das chegadas de Marco Antônio Lage e

 

 

O Mercado da Bola e o presente de Natal de Wagner Pires ao Cruzeiro – Até aqui estão confirmadas as saídas de Diogo Barbosa (Vendido para o Palmeiras), Hudson (de volta ao São Paulo), Rafael Galhardo (novo contrato não foi estabelecido, muito provavelmente em função da condição física do jogador, porque tecnicamente, creio que ele tem totais condições de vestir a camisa do clube) e, segundo informações vindas do Nordeste, Élber está muito próximo de acertar com o Bahia. Também o garoto Careca, atacante, mais um jogador que Genival Santos colocou no Cruzeiro, está sendo emprestado ao Criciúma.

Alguns pontos importantes :

  • Hudson – fez uma boa temporada no Cruzeiro e se identificou com o time, com o grupo de jogadores. Porém, o São Paulo fez jogo duro e a pedida de R$ 6 milhões por 50% dos direitos (depois baixou para R$ 5 milhões), para um setor onde o Cruzeiro tem Henrique, Ariel Cabral, Lucas Romero, Lucas Silva, além dos garotos Nonoca e Vânder, fez com que neste momento o Cruzeiro priorizasse os investimentos em outros setores onde há mais carência no elenco. Lamento a saída, mas, vejo este raciocínio como correto.
  • Diogo Barbosa – em função do péssimo contrato assinado pela direção anterior a saída do jogador tornou-se inevitável.

 

Quem já chegou ao clube e quem pode chegar :

 

  • Egídio – O Cruzeiro agiu rápido e bem. Trouxe um lateral que teve ótima passagem pelo clube e que todos conhecemos as suas qualidades no apoio, na cobrança de faltas e também as deficiências de marcação. Mas, aqui vai a minha aposta… Vai se dar muito bem no Cruzeiro sob o comando de Mano Menezes. Podem me cobrar.
  • Fred – O Cruzeiro estava atrás de um centroavante. Sinceramente, trouxe o melhor do país. E digo mais… Todos os que se opuserem à volta dele, vão de novo reatar a confiança, o respeito e a admiração. Eu, fã de carteirinha dele, JAMAIS teria deixado que fosse jogar do outro lado. O Cruzeiro gastou muito mais para trazer Sóbis e Ábila meses depois. Fred foi parar do outro lado porque não havia opção melhor para ele naquele momento. Mas, desta vez, Wagner e Itair foram rápidos e trouxeram o tal F9 (ainda bem que não foi o Fernandão). Fred assinou contrato com duração de 3 anos (até o final de 2020). Seja muito bem-vindo Fred. Muita sorte, alegria, gols e conquistas marquem sua nova passagem pelo clube. Além do ótimo jogador que é, a contratação de Fred vai travar as medias do pais hoje… E a venda de camisa 9 vai explodir.
  • Bruno Silva – tudo caminha para um acerto com este ótimo jogador. Ele travará um duelo excelente com Robinho pela vaga de 3º homem de meio, pelo lado direito. Um jogador brioso, que raramente se machuca e que se doa intensamente pelo time. Se fechar contrato será ótimo reforço para o grupo de jogadores.
  • David – um jovem atacante de lado de campo, canhoto e que poderá brigar com Álisson, Sóbis, Rafinha e também com Judivan pela função de atacante de lado de campo. O Cruzeiro deverá usar Uiliam Corrêa (nosso volante que teve ótima passagem pelo Vitória em 2017) para reduzir o investimento na compra deste jogador. Segundo fontes o investimento será da ordem de R4 8 milhões por 75% dos direitos econômicos, ficando o Vitória com 10% e os outros 15% com investidores/procuradores do jogador.

Trata-se de um jovem jogador, que teve boas atuações especialmente após a chegada de Vágner Mancini ao Vitória e que poderá se dar bem no Cruzeiro.

  • Edílson – lateral direito, experiente, marca bem e apoia com qualidade, além de ter a cobrança de faltas de média e longa distâncias como sua especialidade. Se for realmente contratado, vem para ser titular e tem tudo para se dar bem no Cruzeiro.

 

Os nomes acima são aprovados por mim e vem exatamente para as funções onde o nosso elenco tem carências. Se o Itair Machado conseguir concluir todas estas negociações eu afirmo que fez excelentes aquisições e gastou bem os recursos que teve à sua disposição.

Assim ficaria montado o elenco do Cruzeiro:

Goleiros (4) – Fábio + Rafael, Lucas França e Georgemy (Lucão)

Laterais (6) – Edílson, Ezequiel e Vitinho + Egídio, Bryan e Victor Luís

Zagueiros (6) – Dedé e Murilo + Manoel e Léo + Digão e Arthur

Volantes (6) – Lucas Romero e Ariel Cabral + Henrique e Lucas Silva + Nonoca e Vânder

Meias de Ligação (6) – Robinho, Bruno Silva, Thiago Neves, Thony Anderson, Arrascaeta e Rafinha

Atacantes de Lado de Campo (5) – Alisson, David, Rafael Sóbis, Judivan e Rafael Marques (este jogador ainda poderá sair)

Centroavantes (3) – Fred, Sassá e Raniel.

 

Com este elenco acima (incluindo as promoções sugeridas em azul e a confirmação das contratações em amarelo), já se apresentando na Toca da Raposa no início da temporada, o Cruzeiro terá condições de brigar pelas posições de honra em todas as competições que disputar em 2018. Teremos sempre boas opções para montar o time e condição de girar o elenco, afinal de contas teremos, caso se chegue ao final de todas as competições no ano, mais de 76 partidas a disputar: Mineiro (16 jogos), Libertadores (14 jogos), Copa do Brasil (8 jogos) e Campeonato Brasileiro (38 jogos). Isto se não se confirmar a Sul-Minas-Rio (6 jogos).

 

O nosso grupo na Libertadores: O grupo 5 tem sido colocado como o mais difícil pelas diversas mesas redondas que tratam do futebol. Além de Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile, ainda poderá ter Vasco ou Concepcion (Chile) + Oriente Petrolero (Bolívia) ou Universitário (Perú) ou Jorge Wilstermann (Bolívia).

Se por um lado os adversários têm história na Copa Libertadores, por outro, a questão da logística em muito será favorável ao Cruzeiro, que poderá não ter que sair do Brasil no returno se o adversário for o Vasco. Mais à frente faremos um perfil dos nossos adversários.

 

As nossas homenagens especiais hoje vão para : Guilherme “Piu” Guimarães, Bennedetto Gesmundo, PC Almeida, Bellini Andrade, Neuber Soares, Henrique Borges, Cláudio Oliveira Costa, Anderson Olivieri, Benny Cohen, Frank Martins, Isabelly Morais, Stefano Poke, Isaac Mirai, Nathália Mendes, Priscila Zavagli, Pedro Henrique, Alisson Guimarães, Felipe Cruz,  Amanda Vargas, Arthur Coke, Lívia Lima, Lívia Lemos e Sandrinha Fernandes.

 

E de Conceição do Mato Dentro – MG e Região : Mauro Lúcio Quintão (Ferros), Geraldo Reis Maia (Dom Joaquim), Ubirajara Ávila (Santana do Pirapama), Leandro Nunes (Serro), Roberto Caldeira (Guanhães), além dos meus primos queridos do lado Duarte Gilmara e João Pedro, Soninha e Bruno, Waldenia, Jorge Luiz & Carem, Aldo César, Breno, Gracinha, Celinha, Délia, Dalmar & Fabrícia, Quincas, Laninha, Gilda, Joelza, Edmílson, Pretinho & Eneida, Ananda e Giulia (1ª Parte), além da família Rajão Costa (Conceição do Mato Dentro). E para treinador desta enorme seleção convoco o grande Hélio Corrêa, sempre presente.

 

☻ A seleção dos homenageados da semana tem: André Ávila, Paulo Matos, José Zuquim, Jair Garcia e Felipe Vieira; Damasceno, Sérgio Silva e Haroldo Botta; André Silva, Barão e Delavigne Filho. E para treinador desta seleção convoco Franklin Bronzo, que está sumido e precisa dar o ar de sua graça por aqui.

 

Cruzeiro, Cruzeiro Querido…Tão Combatido, Jamais Vencido…

Categories: Colunas

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*