Contra o Fluminense : sempre indigesto !!!

Contra o Fluminense : sempre indigesto !!!

João Chiabi Duarte

As estatísticas do confronto contra o Fluminense – Os números mostram uma vantagem para o Fluminense, especialmente em função dos amistosos realizados na era pré-Mineirão que tiveram ampla vantagem tricolor. Mas, de fato, entre os cariocas o Fluminense é o clube contra o qual temos o pior retrospecto. Confiram aí a razão do título da coluna.

 

download

Nota : dados baseados no Almanaque do Cruzeiro de Henrique Ribeiro

 

☻ As Nuances de Cruzeiro x Fluminense pela 34ª Rodada do BR17 – Os times vem de resultados decepcionantes na última rodada. O Cruzeiro fez contra o Flamengo uma de suas piores apresentações no BR17, enquanto o Fluminense sofreu para conseguir empatar em 2 x 2 com o Coritiba no Rio de Janeiro.

Que time Abel Braga deverá mandar a campo amanhã ? – Se a lógica prevalecer o treinador tricolor deverá formar o time com Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Orejuela (Pierre), Douglas, Wendell e Scarpa; Marcos Jr. e Pedro (Wellington Silva).

As faltas de Richard e também de seu reserva imediato Mateus Norton na função de 1º volante, ambas por contusão, ainda podem fazer Abel Braga mudar o sistema de jogo fazendo entrar um 3º zagueiro, melhorando a estatura do time, que leva 50% dos gols em jogadas aéreas em sua defesa. Um contraste porque também seus zagueiros têm papel de destaque nas jogadas aéreas ofensivas.

Além destes, o Fluminense não poderá contar com Gum, Sornoza e Henrique Dourado (suspenso) para este jogo no Mineirão.

E Mano Menezes, será que vai dar chances a outros jogadores no vestibular do Cruzeiro ? – Infelizmente, parece que não.

O time deverá ter Fábio, Ezequiel, Manoel, Murilo Cerqueira e Diogo Barbosa; Romero e Lucas Silva; Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Rafael Sóbis.

Eu gostaria muito de ver o Rafael Galhardo atuando no lugar do Ezequiel, além de ver um pouco mais de Messidoro e do garoto Jonatã. E ainda gostaria que da base fossem trazidos os garotos Thony Anderson e Vânder para terem chances neste final de ano, porque são as duas melhores promessas da categoria de base.

Também entendo que Bryan pudesse ser mais testado para ver se pode ser mantido no elenco na reserva da lateral-esquerda, porque de fato e de direito ele não decepcionou completamente, embora nem de longe tenha sido o mesmo jogador dos tempos do América.

O jogo tende a ser de muita disputa de bola, com deficiências na marcação de meio de ambos os lados sendo supridas com muita vontade, garra. Vários jogadores de lado a lado estão tendo mais uma chance de fazerem o seu vestibular pessoal com vistas a 2018.

Mais uma vez o Cruzeiro enfrenta o seu adversário carioca mais indigesto, porém, com chances de vitória. Força Cruzeiro.

 

Escala de Arbitragem para o jogão para esta partida a CBF escalou um sexteto goiano tendo como árbitro principal André Luiz de Freitas Castro (CBF), tendo como auxiliares Bruno Raphael Pires (FIFA) e Leone Carvalho Rocha (CBF) e como assistentes adicionais de linha de fundo Roberto Giovanny Oliveira Silva e Breno Vieira Souza (CBF). O 4º árbitro será Márcio Soares Maciel (CBF).

 

Pergunta que eu respondo … Aqui é de bate-pronto – Esta é a nova seção da coluna na qual vou responder às perguntas dos que comentam no espaço.

 

Delavigne Filho – Porque o Careca não tem sido relacionado? – Creio que a preferência tenha sido dada ao garoto Jonatã que tem se saído bem nos treinos junto ao elenco principal e inclusive entrou nos 10’ finais da partida contra o Atlético-PR e mostrou personalidade.

 

Ricardo Meira – O Cruzeiro deveria tentar contratar o Bruno Henrique do Santos – Você tem razão quanto à indicação do atleta, mas, infelizmente não é como no ELIFOOT no qual se pode fazer este tipo de permuta. O Santos arriscou e pagou 4 M€ ou R$ 14 milhões (pela cotação do início de 2017) para contratá-lo junto ao Wolfsburg da Alemanha. Ele está tendo um ano muito bom e termina o ano em alta, o que torna muito difícil a sua vinda.

 

Paulo Hurtado – Como viramos caloteiros? – Diria que este ponto manchou a gestão do Dr. Gilvan do Pinho Tavares à frente do Cruzeiro, especialmente neste 2º mandato. O Cruzeiro geriu muito mal os recursos que entraram no caixa do clube, contratou mal, gastou pior o dinheiro e no final parou de pagar tributos, a dívida cresceu demais, sem que isto representasse ganho de qualidade no futebol do clube. Hoje está sendo noticiado que apenas as cobranças já notificadas à FIFA somam R$ 50 milhões, o que é um disparate (creio que este número não foi revisado retirando deste processo a cobrança por Ramon Ábila).

A nossa dívida que em 2011 era da ordem de R$ 120 milhões deverá terminar o final de 2017 perto de R$ 360 milhões. Some-se a este endividamento a antecipação de cotas de TV, além das vultosas vendas que o clube fez no início de 2015 (só com Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Lucas Silva, Nilton e Egídio o clube arrecadou perto de R$ 100 milhões), ou seja, o déficit médio anual da gestão do Dr. Gilvan foi da ordem de R$ 60-70 milhões, o que é muito ruim. Creio que isto explica em parte porque o Cruzeiro virou caloteiro. Fica difícil falar sem ter tido acesso às informações detalhadas, mas, a grosso modo esta seria uma explicação.

 

Alexandre Mota – Caro João, quais as posições que o CRUZEIRO precisará contratar e que sejam contrações pontuais para a temporada 2018? – Primeiramente, entendo que as prioridades sejam: Centroavante, Jogador de Velocidade de Lado de Campo (1 ou 2), Meia Armador / Organizador de Jogo, Lateral-Direito e Lateral-Esquerdo reserva.

Centroavante: Ao que tudo indica Mano Menezes quer um jogador cascudo, experiente, tarimbado com vistas à disputa da Libertadores, principalmente se o Cruzeiro negociar o Rafael Sóbis. Os nomes falados são: Ricardo Oliveira (Santos), Gilberto (São Paulo), Marcelo Moreno (futebol chinês). Eu incluiria no radar os nomes do Marco Ruben (Rosario Central), Nico Lopez (Inter) e Mauro Boselli (Leon – MEXICO). Mas, se o Sassá quiser jogar bola, vai ser parada torta tomar a NOVE dele.

Atacantes de Velocidade ou de Lado do Campo: Nesta função há jogadores que estão se destacando como o jovem Carlos Henrique (Goiás), o veloz Éverton (Grêmio), Marcos Jr. (Fluminense), Keno (Palmeiras) e Zé Rafael (Bahia). Além destes eu citaria Rogério (Sport Recife) jogador que gosto muito. Na base do Cruzeiro temos o Dudú (voltando do Japão, mas, contundido), Marcelo (já mostrou ter potencial), além dos garotos Nickson e Andrey.

Uma incógnita é Judivan que deverá reaparecer após paralização longa de mais de 2 anos. Mas, de fato, o Cruzeiro precisará investir em jogadores para esta função além do Caio Rangel, já contratado junto ao Criciúma (boa aposta).

Meia Armador ou Organizador de Jogo – Sinceramente, o jogador que eu gostaria de ver no Cruzeiro agora ficou ainda mais difícil a sua contratação porque se transferiu no meio de 2017 do Monterrey do México para o Boca Jrs da Argentina. Trata-se de Edwin Cardona, que fará 25 anos no dia 08/12. Jogador tem a cara do Cruzeiro. Mas, o nome ventilado de Bruno Silva, também é um bom nome para rivalizar com Robinho e eventualmente jogar ao lado dele na trinca de meio-campo.

Lateral-direito: O que podemos concluir é que Lennon e Ezequiel não seriam nomes para a disputa da Libertadores. Ezequiel é apenas regular e não mostrou 50% do que fazia em Santa Catarina. Mano Menezes teria que usar este fim de ano para testar Rafael Galhardo e ver se ele terá condições de jogar aqui. Creio que Vitinho poderá ser aproveitado e testado na fase de classificação do Campeonato Mineiro e que o clube deveria olhar com carinho a vinda de um lateral-direito para ser titular. O nome ventilado é o de Rafinha cujo contrato com o Bayern está no fim. Outros nomes a se avaliar são: Rodiney (reserva do Flamengo), Mádson (Vasco) e até mesmo avaliar a volta do Jonathan (Atlético-PR), porque as opções não são tão boas quanto em épocas passadas.

Lateral-Esquerdo Reserva: Se tem uma função que o Cruzeiro apostou muito nos últimos anos foi esta. Dá para formar um time de jogadores que passaram pela função sem dar a resposta requerida. Até recentemente tínhamos sob contrato e emprestados a outros clubes: Daniel Vançan, Mena, Antônio Carlos, Edimar, Gilson, Breno Lopes e Diego Renan.

O Cruzeiro deverá comprar Diogo Barbosa e subir o garoto Victor Luis da base. Bryan não conseguiu reeditar no clube as boas apresentações dos seus tempos de América-MG e desta forma o Cruzeiro terá que ir ao mercado buscar outro atleta. No futebol brasileiro hoje a melhor opção é Reinaldo (Chapecoense) que se valorizou muito por suas boas atuações neste ano. Outros nomes que gostaria de ver analisados são Zeca (em litígio com o Santos), Renê (reserva do Flamengo) e avaliaria também a volta de Egídio (a ser liberado no Palmeiras).

 

Isaac Mirai – Estas dívidas que estão sendo cobradas do Cruzeiro na FIFA? Procedem? – Temos que abordar caso a caso :

  • Arrascaeta (Defensor – Uruguai) – O Cruzeiro concordou em pagar 4 M€ pelo jogador dando 50% à vista e dividindo os outros 2 M€ em 30 parcelas de 66.67 mil euros, com os pagamentos mensais indo de março de 2015 a agosto de 2017.

Dizem que o Cruzeiro pagou até abril do ano passado, então estariam em aberto 16 parcelas de 66.7 k€ = 1.066 M€ = R$ 4 milhões.

  • Latorre (Club Athenas _Uruguai) – não faz o menor sentido se ter pago este valor de US$ 3.4 milhões por um jogador de apenas 19 anos, estaria valendo o mesmo que Arrascaeta. O que foi noticiado na época é que o Cruzeiro pagaria US$ 1 milhão = R$ 3.4 milhões (cotação da época) pelo jogador que viria de contrapeso. Se Dr. Gilvan e Valdir Barbosa concordaram em pagar isto pelo jogador teriam que estar malucos. O valor cobrado pelos uruguaios é de R$ 12 milhões.
  • Riascos (Monarcas Morelia) – O Cruzeiro pagou US$ 2 milhões pelo jogador junto aos mexicanos. Pagou US$ 500 mil à vista e dividiu o restante em 12 cotas a serem pagas de abril de 2015 a março de 2017. Segundo noticiado o Cruzeiro pagou só 3 prestações. A dívida cobrada hoje seria da ordem de R$ 3.7 milhões.
  • Caicedo (Independente Del Valle – EQUADOR) – Inicialmente o valor pago pelo Cruzeiro teria sido de US$ 1,6 milhão. Mas, o clube equatoriano está cobrando na FIFA um valor de US$ 3.33 milhões = R$ 10.5 milhões. Mais um negócio muito ruim para o clube, seja com um valor ou com outro.
  • Matias Pisano (Independiente – Argentina) – O Cruzeiro tinha um crédito de US$ 750 mil pelo empréstimo de Farias. E concordou em pagar US$ 750 mil em 50% de Pisano. Agora os argentinos cobram US$ 550 mil em atraso = R$ 1.8 milhão.
  • William Bigode (Mettalist – Ucrânia) – O Cruzeiro comprou o jogador em definitivo em julho de 2014, se comprometendo a pagar em 7 semestrais de 500 k€, aparentemente não foram pagas as 2 últimas. O valor pleiteado = R$ 3.7 milhões.
  • Rafael Sóbis (Tigres – MÉXICO) – O Cruzeiro comprou o jogador por US$ 5 milhões. Os mexicanos estão cobrando US$ 2 milhões de saldo remanescente. O valor pleiteado por atraso é de R$ 6.5 milhões.
  • Ramon Ábila (Huracan – Argentina) -O Cruzeiro acordou em pagar US$ 4.2 milhões por 50% do jogador, colocando no contrato a cláusula absurda de compra dos outros 50% por mais US$ 4 milhões em Dez/2017. Chegou a pagar US$ 2.7 milhões e havia uma prestação em aberto de US$ 1.5 milhão a ser paga em Dez/2016. Pelo novo acordo, o Cruzeiro ficou livre de pagar a parcela de US$ 1.5 milhão e recebeu a título de compensação o garoto Messidoro do Boca Jrs.. Ábila ficará no Huracan até Dez/2017 e depois vai para o Boca Jrs. Aqui não há mais pendências.

 

OPINIÃO : Pelo exposto, parece que o Cruzeiro deixou de pagar a todos os credores a partir do 1º semestre do ano passado. Muito triste de ver o nome do nosso time associado à fama de caloteiro, coisa que jamais tivemos na nossa história.

 

☻ As homenagens desta coluna vão para: Hélio Corrêa (O POLE da semana anterior), Sangue Azul, Marcelo, Geraldo Luciano e Sérgio Silva; Alexandre Mota, Paulo Hurtado e Gildázio Barbosa; Maria Campos, Bellini Andrade e Henderson Rezende.

E para treinador deste time o escolhido foi Delavigne Filho pelas relevantes contribuições nesta última coluna.

 

E de Conceição do Mato Dentro-MG : homenagem especial à turma do Largo do Rosário com o clã de Esperidião Lage de Pardo (Carlos Tomazzi, Ieda, Idelma, Iara, Inês), os Martini Ribeiro (Fabinho, Anacleto, Lolê, Maria Ester, Maria Luíza, Beatriz, Berenice), os Generoso Malaquias (Homero Flávio, Ana Délia, Mirtilinha, Lélia em nome da numerosa família), os Vidigal (Doca, Maria Helena, Maria Luiza ou simplesmente Bá, Chico, Miriam Bernadete, Maurício, Marília) e a turma de Otaviano Rajão & Tia Célia (Débora, Simone, Ricardo, Robson, Samuel, Saulo, Carolina), além dos meus primos do clã Carneiro Guerra (Orlando Augusto, Emerson, Silma, Haroldo).

E para treinadora deste time invoco a presença da minha irmãzinha Silvana D’el papa Moreira que voltou a morar na terra na casa da famosa Vovó Almerinda, mantendo a tradição da família Miranda Moreira na esquina mais famosa da região, emprestando a sua competência na formação esportiva dos jovens da nossa terra.

 

Cruzeiro, Cruzeiro Querido…Tão Combatido, Jamais Vencido

Categories: Colunas

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*