Cruzeiro vence de forma heroica e avança à final da Copa do Brasil

Cruzeiro vence de forma heroica e avança à final da Copa do Brasil

Da redação

Angel Drumond

Foi uma classificação épica, na raça, mostrando toda a força e peso da camisa celeste, uma das mais vitoriosas do país. Assim podemos começar a falar da excelente vitória do Cruzeiro sobre o Grêmio, no segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil.

O placar de 1 a 0 mostrou a superioridade da Raposa sobre o time gaúcho e levou a equipe para a sétima final da competição nacional. O sonho pela busca do pentacampeonato foi aberto aos seis minutos do segundo tempo com o gol de cabeça do volante Hudson, depois de ótimo escanteio cobrado por Thiago Neves.

Com o resultado do tempo normal, a partida foi para a disputa de pênaltis e valeu a mística camisa celeste, copeira e de grandes resultados no Mineirão. A Raposa venceu por 3 a 2 e vai para a finalíssima da Copa do Brasil contra o Flamengo, que eliminou o Botafogo, no Rio de Janeiro. As datas estão marcadas para os dias sete e 27 de setembro. Os mandos de campo serão decididos em sorteio nesta quinta-feira, na CBF.

O Jogo

O primeiro lance de perigo da partida foi do Grêmio. Aos quatro minutos, Luan fez boa jogada e lançou Lucas Barrios no meio da zaga. O atacante gremista avançou e de frente para o gol chutou para a ótima defesa de Fábio.

A Raposa chegou pela primeira vez aos 11 minutos. Thiago Neves ganhou do adversário na entrada da área e arriscou para o gol. A bola passou muito perto da trave e ainda contou com o desvio do zagueiro.

O jogo seguiu muito disputado, com muita marcação no meio. Aos 32 minutos, Robinho recebeu a bola e achou Alisson entrando na área, o atacante cabeceou da marca do pênalti e Marcelo Grohe fez excelente defesa.

Aos 40 minutos, falta na entrada da área para a Raposa. Thiago Neves foi para a cobrança e bateu para a boa defesa de Marcelo Grohe, no rebote, a zaga afastou.

Segunda etapa

O Cruzeiro foi o primeiro a assustar na etapa complementar. Escanteio de Thiago Neves para área e Hudson tocou fraco para a defesa de Marcelo Grohe, bem colocado.

Aos seis minutos escanteio para o Maior de Minas. Thiago Neves foi para a cobrança e mandou na cabeça de Hudson que testou para o fundo das redes. Marcelo Grohe chegou a tocar na bola, mas insuficiente para deter a potência do cebeceio do volante celeste. 1 a 0 para o Cruzeiro. Festa no Mineirão.

A Raposa por pouco não ampliou aos 17 minutos. Outro escanteio e Thiago Neves fez excelente cruzamento, Raniel pegou de voleio e a bola passou por cima do gol de Marcelo Grohe.

O jogo seguiu bastante disputado, mas os times pouco arriscaram a gol. O juiz deu três minutos de desconto e a partida foi para a disputa dos pênaltis.

Disputa dos pênaltis:

Fernandinho (Grêmio) gol +
Rafael Sóbis (Cruzeiro) gol +
Edilson (Grêmio) trave –
Robinho (Cruzeiro) Marcelo Grohe defendeu –
Everton (Grêmio) trave –
Murilo (Cruzeiro) Marcelo Grohe defendeu –
Arthur (Grêmio) gol +
Raniel (Cruzeiro) gol +
Luan (Grêmio) Fábio defendeu –
Thiago Neves (Cruzeiro) gol +

Cruzeiro 3 a 2, classificado para a final da Copa do Brasil!

CRUZEIRO 1 (3)X(2) 0 GRÊMIO 
Motivo: Jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil
Data: 23/08/2017 (quarta-feira)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes – RJ (FIFA)
Assistentes: Rodrigo F Henrique Correa – RJ e Thiago Henrique Neto Correa Farinha – RJ
Público: 55.227 presentes
Renda: R$ 1.730.781,00
Gol: Hudson, aos seis minutos do segundo tempo.
Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Rafael Sóbis) e Robinho; Thiago Neves, Alisson (De Arrascaeta) e Elber (Raniel).
Técnico: Mano Menezes
Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Bressan (Bruno Rodrigo), Kannemann e Cortez; Arthur, Ramiro (Fernandinho) e Michel, Pedro Rocha, Luan e Lucas Barrios (Everton).
Técnico: Renato Gaúcho
Cartões amarelos: Diogo Barbosa, Thiago Neves (Cruzeiro), Lucas Barrios, Cortez, Edilson (Grêmio)

Site Oficial do Cruzeiro

Categories: Esportes

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*