Exportações do agronegócio mineiro crescem 11,7% no período de janeiro a julho

Exportações do agronegócio mineiro crescem 11,7% no período de janeiro a julho

As exportações do agronegócio mineiro totalizaram US$ 4,6 bilhões no período de janeiro a julho deste ano, com crescimento de 11,7% em relação ao mesmo período do ano passado. O segmento contribuiu com 30,7% do total da pauta mineira de exportações.

Os dados foram analisados pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com base nas informações do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Segundo o superintende de Abastecimento e Economia Agrícola da Seapa, João Ricardo Albanez, os números vêm sinalizando resultados promissores para as exportações mineiras. “Houve valorização dos preços dos produtos agrícolas no mercado externo, compensando o declínio de 2% em relação ao volume exportado”, explica.

O café, principal produto da pauta de exportações do agronegócio, representou 41,3% do total exportado pelo segmento no período de janeiro a julho. O valor alcançado com a comercialização foi de US$ 2,9 bilhões, indicando aumento de 9,8% em relação ao registrado no mesmo período do ano passado.

O segundo produto da pauta de exportações do agronegócio mineiro, no período, foi o complexo soja, que respondeu por 18,8% do total, alcançando US$ 388 milhões. O saldo positivo se deve à expansão da venda para o mercado chinês. O volume comercializado foi de pouco mais de 2 milhões de toneladas.

Os produtos do complexo soja (grãos, farelo e óleo) somaram US$ 862 milhões. O crescimento do valor exportado foi pouco mais de 6% em relação ao mesmo período de 2016. Este item também registrou aumento de 0,9% no volume embarcado de 2,2 milhões de toneladas.

Em relação às carnes, quarto colocado, o faturamento registrado foi US$ 551 milhões, com crescimento de 17,5% em relação no período. Desse valor o segmento da carne bovina respondeu por 57%, frango (33%), suínos (4%), peru (4%), outras carnes (2%). O volume alcançado por todo o segmento foi de aproximadamente 215 mil toneladas.

Outro produto que vem ampliando sua participação, no mercado externo, é a ração para animais. No período analisado, foram exportados, aproximadamente, 41 mil toneladas resultando num crescimento de 133% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor do produto também vem crescendo, alcançando US$ 33 milhões e crescimento de 76% no preço da tonelada em relação ao praticado no mesmo período do ano passado.

Minas Gerais exporta produtos do agronegócio para 158 parceiros comerciais. Os principais países importadores, no período de janeiro a julho, foram China (21%), Estados Unidos (9,9%), Alemanha (8,3%), Itália (5,4%) e Japão (5,2%). Os cinco países representaram juntos quase 50% do total exportado.

Categories: Minas

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*