Mano valoriza atuação celeste apesar da falta de ritmo de jogo

Mano valoriza atuação celeste apesar da falta de ritmo de jogo

Da redação

Angel Drumond

O resultado de 2 a 1 para o Cruzeiro, sobre o Villa Nova, poderia ter sido mais tranquilo segundo o técnico Mano Menezes. O treinador celeste relatou que a equipe poderia ter aproveitado melhor as chances na primeira etapa, quando foi bem superior ao adversário, e lamentou os contra-ataques desperdiçados pelo time no final da partida. Para Mano, o Villa Nova foi para cima e possibilitou espaços para as investidas do ataque celeste.  

“Os problemas que apareceram são problemas naturais. O campo estava um pouco duro. Estamos acostumados a jogar em um campo mais amadurecido. Os mandantes dos jogos no Mineirão fazem um pouco isso. Então faz com que a bola corra mais. Mas a gente cometeu alguns erros naturais. Fizemos boas triangulações no início do jogo e não aproveitamos para marcar. Depois saímos com um a zero”, disse Mano.

“No segundo tempo tivemos mais espaços, o jogo ficou mais aberto, mas não soubemos aproveitar. Tinha um bom controle do jogo, mas faltava contundência, faltava criação da equipe como um todo. Mas aí fizemos 2 a 0 numa cobrança de falta muito bonita do Robinho. E era a hora da tranquilidade. Mas logo em seguida fizemos uma falta desnecessária. Tomamos o gol de bola parada. E o jogo ficou aberto até o final. Tivemos muitos contra-ataques que poderíamos ter aproveitado melhor. Mas falta a familiaridade com o ritmo de jogo. E aí ficamos certamente aquém com aquilo que podemos produzir”, completou.

Outra característica mostrada pela equipe celeste nesse primeiro jogo da temporada foi a saída de bola da defesa para o ataque. O time demonstrou tranquilidade para executar a jogada, e segundo o treinador, essa será uma tendência da equipe para a sequência de jogos.

“O Cruzeiro começou a fazer a saída com mais qualidade de jogo, fizemos poucas ligações diretas, a equipe se arriscou, mesmo o adversário tendo uma condição física melhor, já que estavam trabalhando antes da gente, eles quiseram apertar, mas a gente soube sair a bola bem trabalhada de trás. Essa é uma intenção da temporada, apesar do risco precisamos adquirir a confiança”, finalizou.

Site Oficial do Cruzeiro

Categories: Esportes

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*