Mano valoriza o resultado, apesar da falta de ritmo dos atletas

Mano valoriza o resultado, apesar da falta de ritmo dos atletas

Da redação

Angel Drumond

A vitória sobre o Tricordiano, pelo estadual, mostrou que o Cruzeiro tem um plantel de qualidade e que o treinador Mano Menezes poderá mesclar alguns jogadores do elenco, quando for preciso, sem perder o nível de qualidade da equipe. Apesar do placar apertado, o time celeste foi superior durante toda a partida, mas tornou o jogo perigoso quando o adversário empatou a partida na metade final do segundo tempo.

O técnico Mano Menezes credita a dificuldade na partida à falta de ritmo dos jogadores e promete que esse time que esteve em campo, com o tempo, vai estar bem melhor do que foi mostrado na vitória desse domingo, no Mineirão.

“Penso que não foi falta de entrosamento, mas falta de ritmo mesmo. Fizemos um jogo parecido, um pouquinho abaixo do primeiro jogo que a outra equipe fez com o Villa Nova. Em determinados momentos faltou ritmo, as escolhas não foram tão boas. Mas tenho certeza que, logo na frente, se tiver que usar de novo, vamos estar melhor com esta equipe”, disse o treinador.

Sobre a opção de escalar uma equipe alternativa para o confronto, Mano justificou que fez as escolhas baseado nas próximas partidas que o time celeste terá pela frente, e por três competições diferentes, além é claro de poupar jogadores pelo desgaste sofrido na vitória sobre o Atlético-MG, na última quarta-feira.

“Nós ainda não temos um time reserva e titular. São todos jogadores de alta qualidade no nosso elenco. Separamos em dois grupos porque o grande número de jogos do mês não permitiria que a gente jogasse todos os jogos com a mesma equipe. Não escolhi um time reserva para jogar com o Tricordiano, escolhi quem estava melhor fisicamente para jogar. Na quarta-feira o time correu e se comprometeu para ganhar o clássico, então, não dá para pensar que, três dias depois, o time não vai sentir. Neste momento estou preocupado em colocar para jogar quem estiver melhor e fazer o time render”, disse Mano.

“O fato de não ter rendido tão bem, e eu não acho que o jogo foi tão difícil assim, a gente que tornou o jogo mais difícil do que deveria, não muda os planos para frente. Não vamos tornar público, vamos escolher para cada jogo. Amanhã vamos ver e, depois de quinta-feira, 48 horas depois, vamos enfrentar o Tupi. E ainda temos na quarta-feira seguinte um jogo decidido contra o Volta Redonda, um jogo único, no Rio de Janeiro. E temos que estar preparados para isso”, concluiu.

Site Oficial do Cruzeiro 

Categories: Esportes

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*