Mediação de conflitos da Secretaria de Estado de Defesa Social recebe consultoria de ONG americana em BH

Mediação de conflitos da Secretaria de Estado de Defesa Social recebe consultoria de ONG americana em BH

O presidente da Foundation for Sustainable Rule of Law Initiatives (FSRI), o advogado norte-americano Victor Schachter veio a Belo Horizonte para conhecer o trabalho da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) na área de medição de conflitos. Ele foi recebido pelo secretário Sérgio Barboza Menezes e depois visitou o Centro de Prevenção à Criminalidade (CPC) da Pedreira Prado Lopes, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

A FSRI é uma organização não governamental que estimula a criação de centros de mediação para a resolução pacífica de conflitos em países emergentes como forma de desafogar a Justiça. Schachter se interessou de forma especial pelo trabalho de mediação comunitária realizado pela Seds, por meio do Programa Medição de Conflitos (PMC) da Coordenadoria Especial de Prevenção à Criminalidade (Cpec).

“Achei interessante o fato de os CPC´s estarem inseridos (instalados) dentro das comunidades. Desejo compreender o trabalho de mediação comunitária desenvolvido em Minas Gerais, para identificar potenciais pontos de melhorias”, afirmou o presidente da FSRI.

Antes de Belo Horizonte, Schachter visitou Florianópolis e o Rio de Janeiro para conhecer projetos de mediação de conflitos. Também esteve com deputados e juristas em Brasília para discutir sobre projetos de mudanças na legislação sobre mediação de conflitos.

A FSRI é uma organização sem fins lucrativos e presta serviços gratuitos de consultoria na implementação e gestão de programas de mediação. Segundo o secretário Sérgio Menezes, a visita de Schachter abriu a possibilidade concreta de uma cooperação entre a ONG e o PMC da Seds. “Acredito que essa parceria merece atenção, pois poderá aperfeiçoar o PMC, beneficiando a sociedade mineira”, destacou o secretário.

O programa

O programa Mediação de Conflitos da Seds atua há dez anos em comunidades marcadas por altos índices de criminalidade violenta, para encontrar formas pacíficas de resolução de litígios.

Espera-se que ao trabalhar o conflito de um sujeito, o resultado, consequentemente, também gere impacto positivo nos índices de criminalidade da comunidade.

A coordenadora Especial de Prevenção à Criminalidade da Seds (CPEC) da Seds, Andréa Abritta, anunciou que o atendimento, atualmente realizado em 31 Centros de Prevenção à Criminalidade (CPC’s) instalados em Minas Gerais, será ampliado em junho, com a inclusão do CPC Santa Lúcia, na Região Centro-Sul de BH.

Fonte: Agência Minas

Foto: Ascom/Seds

Categories: Minas
Etiquetas: cotidiano, Minas Gerais

Sobre o EN

Enxada Neles

O jargão “Enxada Neles” foi criado por Ademir Santos, apresentador da TV Alterosa/SBT – Sul e Sudoeste de Minas Gerais, idealizador do Portal Enxada Neles. Ademir começou a usar esse jargão na TV como uma forma de desabafo diante das injustiças sociais que apresenta diariamente. A “enxada” representa o valor do trabalho sério e árduo de uma pessoa na busca de suas conquistas, pelo seu esforço e honestidade.Desta forma, de um modo geral e simbólico, é um símbolo do trabalho. A frase caiu no gosto popular e virou a “marca registrada” de Ademir Santos. No Portal Enxada Neles você ficará sempre bem informado sobre as principais notícias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais, além do Brasil e do Mundo. Enxada Neles é o seu novo portal de notícias na internet!

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos necessários estão marcados*